segunda-feira, 27 de julho de 2015

Livros que preparam pra um novo começo! De 03 anos a mais de 100!

Eu como mãe quero passar valores como amor ao próximo, compaixão, amor aos seres vivos, responsabilidade e nesta busca descobri que um bom meio é permitindo que minha filha tenha animais de estimação, isso foi um dos motivos que adotamos há três anos Osho, um gato que foi abandonado filhote. Só que o filhote cresceu e começou a si sentir só, inclusive adoecendo. Todo mundo sinalizando que ele precisava de irmão, mas eu continuava fechada. Como mais um gato? Como vai ser isso? Mais um animal na casa? Fiquei nessa angústia, Osho reclamando muito nossas ausências, precisando, e eu imaginando o trabalho. Quando semana passada minha filha chegou em casa com o livro A História do Cão da série Lelé da Cuca que relata a busca de um cãozinho por um animal de estimação que após perceber que apesar de ter tudo, queria compartilhar o que tinha com alguém. Procurou muito até que encontrou uma minhoca pra companhia, a história bem ilustrada e hilária. Fez meu coração abrir pra adoção de mais uma animal, pensei até em adquirir uma ave. Porém quando dois dias depois saia do trabalho encontrei um filhote de gato com cerca de um mês abandonado e foi paixão a primeira vista. Adotei o gatinho que em casa recebeu o nome de Spike,
super carinhoso e carente de cuidados.  Malu, minha pequena está encantada, bancando a mãe e o chamado de bebê. Ela ganhou assim novas responsabilidades. Este aqui é Spike, fofo!

Este é nosso amado Osho







 Estamos agora na fase de adaptação, principalmente com Osho, porém descobri que será tranquilo, gatos ao contrário de nós humanos, acolhem bem o outro que chega. Estamos no começo. Isso me lembra o livro Como Começa? de Silvana Tavano ilustração linda de Elma, letras em bastão o que facilita a leitura de quem tá começando o letramento e os desenhos permitem bem que crianças menores também tenham acesso,  fala sobre que tudo tem um começo e inicia questionamentos como qual o começo do mar, sobre o começo das palavras e podemos continuar a brincadeira além do livro como o começo da amizade, o começo de uma brincadeira ou no meu caso o começo de criar outro animalzinho.  Encontrei em média por 41,90 da Editora Callis


E pelo começo da amizade tem o livro Amigos do alemão Helme Heine editora Ática que fala da amizade inusitada entre um porco, um galo e um rato. Onde uma amizade verdadeira vai além dos padrões estabelecidos. Penso que são bons livros pra trabalhar a inclusão,inibir o preconceito, facilitar a adoção, desenvolver o sentimento de solidariedade e amizade. Este último livro encontrei por 32 reais na internet. Viva a amizade e boa leitura! Darei notícias do filhote Spike. Ah só uma confissão adotar qualquer filhote com tão pouca idade dá umas boas noites sem sono contínuo e no caso de gato fazer o papel da mãe estimulando muiiiiito a barriguinha pra que ele faça seu cocô, risos!




segunda-feira, 20 de julho de 2015

Livros que ensinam de 1 a 6 anos!

Esta semana minha pequena chegou toda feliz com uma novidade.  - Mamãe aprendi a amarrar sapatos! E foi logo demonstrando sua nova habilidade adquirida. O laço final de seu aprendizado se deu com um livro! Claro que adorei a novidade e tinha de partilhar aqui. Ela descobriu o livro numa a ida com o pai a livraria e eles ganharam boas horas desenvolvendo a técnica de amarrar cadarço - Repeti várias vezes mamãe até aprender...(refletiu um pouco) ...agora posso ajudar quem ainda não consegue lá na escola! Aqui as fotos da façanha, eles registraram tudo pra mim! A editora é Gaudi. Autor Graham Ross. Indicado pra 04 a 08 anos, valor em média 40 reais.






Depois desta novidade, senti uma nostalgia e assim em outra ida a livraria fomos juntas relembrar os livros que ela utilizava quando menor, entre 2 a 3 anos, livros interativos, uns de buscar e achar, livros com texturas, ensinando os primeiros números, as primeiras cores. Fico feliz em ver que três anos depois encontramos uma disponibilidade bem maior de opções e livros bem interessantes. São livros de alta gramatura, páginas bem reforçadas, o que facilita o manuseio dos pequenos e a durabilidade, o formato do livro ajuda muito no incentivo de futuros leitores. Além de trabalhar bem a coordenação motora fina. Hoje separei bem mais de um título como dica.
O primeiro é da série Onde está a Ratinha? Uma ratinha perdida pelo jardim está de aniversário e sua amiga a procura através de várias janelinha e texturas. Dá também pra brincar com as várias cores existentes na ilustração.  Editora Yoyo você pode encontrar de 19 a 26 reais.



O segundo livro Hora do Banho do Macaco é a história de um macaquinho que resiste a tomar banho e num passeio pela floresta, através de janelinhas, ele vai encontrando vários animais que estão se refrescando, como o hipopótamo. Bom pra aprender nomes de alguns animais, incentivar a higiene e trabalhar a cognição. O livro é da editora Todo Livro.  Pra Malu que já tem seis anos aproveitei a ilustração recheada de flores e animais pra contar e procurar animais pequenos como joaninhas! Ah, o livro também pertence a uma série. Encontrei por 17 reais na internet.


Achei super divertido a série os bichinhos, as figuras dos animais vem com inscrições dos sons dos bichos em que o adulto pode brincar com os pequeninhos, para os mais tecnológicos o livro dá direito há um aplicativo com os sons dos respectivos animais. Pode complementar com cantigas que se conheça sobre bichos e uma boa ida a natureza pra ver os animais. O autor é Lô Carvalho da editora Bamboozinho. Média de preço 38 reais.


Depois publico mais livros sobre cores e números!

Dedos
Dedinhos
Olhos 
Olhinhos
Veja
Azul
Vermelho
Verde
Sinta
Suave
Áspero
Quente
Olhe
Contorno
Quadrado
Redondo
Aprenda o mundo num beijo azul...





segunda-feira, 13 de julho de 2015

Quando e como falar de sexo com os pequenos?

Penso que é dever de nós pais a educação sexual de nossos filhos, mas sei que nem sempre é o que acontece, nossa herança cultural, a forma como o assunto foi tratado em nossa infância, a forma como lidamos com nosso corpo e nossa sexualidade, nossos filtros sociais interferem muito nessa conversas iniciais. A verdade é que bate uma insegurança danada em nós pais, por mais curso que tenhamos feito, por mais livro que tenhamos lido, por mais experiência que tenha na vida, parece inclusive que quanto mais consciência temos, mas pesado fica. Claro que o assunto já surgiu em minha casa, minha pequena já tem seis anos e a pergunta como eu nasci já ocorreu. Inicialmente é a história mesmo da semente que vai parar na barriga da mamãe e o bebê cresce. As perguntas vêm ficando mais complexas e dou a resposta conforme o tamanho da pergunta. Descobri que a resposta tem ser direta porém delicada, do tamanho dos pequenos. Se perguntar por onde a semente sai, tem que falar a verdade sem inventar histórias de cegonhas ou coisas afins, e o exemplo da natureza é um bom caminho. Como ela já começou a trazer assuntos de ciência em casa esta semana decidi ir atrás, procurar livros sobre o assunto com ela e encontrei o livro De Onde Viemos? Edição Paulinas de Ely Barbosa. O livro começa pelo átomo, foi bom pois já tinha fala sobre átomos com ela e segue por esse caminho até se transformarem em espermatozoides e óvulos e serem fecundados, mostra também a formação do bebê. O livro não traz infelizmente a anatomia feminina e masculina, mas é bom pra essa idade, 06 anos. Tem um outro livro com o mesmo tema de Peter Mayle e Arthur Robins da Editora Zastras que já mostra os aparelhos masculinos e femininos, bem ilustrado o livro amplia a questão, é bom uma leitura prévia dos pais pra saber se esse é o momento seu e de seu filho. Malu estudou os primeiros anos numa Escola alternativa, foi muito bom o período e eles ofereciam bonecos de pano com o corpo completo, pênis e vagina em seus devidos lugares. Me incomoda muito o fato de que em vários desenhos animados ninguém nunca vai ao banheiro, sem falar nas princesas. E o que isto tem haver com sexualidade? Tudo, se negamos que não temos necessidade fisiológica, se negamos nossos órgãos, se isto não é uma fala natural em nossa sociedade, se temos vergonha do que fazemos no banheiro, como um dia o sexo será encarado como algo realmente natural e fisiológico de todo ser humano? A vida acontece através do sexo, quando não é assim é por inseminação artificial. Aqui segue os livros:



Conforme for chegando ao meu conhecimento outros livros estarei partilhando aqui no blog com vocês, quem tiver dicas de outros livros ou experiência sinta-se a vontade pra comentar!


segunda-feira, 6 de julho de 2015

A descoberta da Poesia!

Minha pequena debutou em seu primeiro Sarau, fomos convidadas por nossa amiga Mariana . Antes nos preparamos escolhendo o livro que queríamos, levamos O Pássaro na Gaiola de Vicent Van Gogh (já falei deste em outro post), saímos empolgadas, foi muito bom vê-la feliz em ver um ambiente todo preparado pra receber os convidados e se ter vários livros de poetas distribuídos em uma estante. Fico imaginando como será sua memória sobre esse dia. Claro, logo a anfitriã ofereceu um Ovinho, instrumento percussivo, minha pequena procurava marcar o tempo das músicas toda compenetrada. Ainda encabulada não leu a carta de Vicent, isto ficou a meu cargo, mas estava totalmente atenta. Feliz ouvimos poesias de Manoel de Barros, Elisa Lucinda, Florbela Espanca, Olavo Bilac, Manuel Bandeira, Cora Coralina, Wally Salomão entre tantos maravilhosos. Ouvimos músicas de qualidade entre cada um. O sono venceu minha pequena e voltamos cedo, no dia seguinte quis continuar essa imersão, descobri um livro infantil que faz essa iniciação pela poesia. Charles Na Escola de  Dragões. A história de um dragão diferente que gosta de escrever, tem asas grandes e desajeitadas, pés grandes, mostra seus primeiros anos escolares, a dificuldade de adaptação, a insegurança, a não aceitação do diferente pelos colegas, o isolamento. Com o tempo ganha o apelido de O Poeta, porém ele supera, aprende a voar e ganha a imensidão e sai pelo mundo. O texto faz uma analogia com o poeta Francês Charles Baudelaire, inclusive a data de nascimento do dragão é a mesma do poeta, o texto é baseado no poema O Albatroz do livro As Flores do Mal que marca o modernismo na literatura francesa. O livro é o resultado do trabalho do escritor Alex Cousseau e do ilustrador Philippe Henri-Turin, os dois buscam seus temas a partir de oficinas pra crianças. A ilustração do livro é um brinde a parte aos nossos olhos e vem recheado de pequenas poesias nas falas de Charles. Lindo pra crianças e adultos. A editora FTD indica pra crianças entre 08 e 09 anos, porém eu e minha pequena nos deliciamos, ou seja, o que é bom não tem idade. O valor do livro gira entre 59 a 65 reais nas livrarias físicas e virtuais.




Dois poetas brasileiros que constam em suas obras trabalhos voltados ao público infantil: Vinicius de Moraes, Cecília Meireles, destes o que mais marcou minha infância foi Vinicius e sua Arca de Noé, vale a pena resgatar as obras e apresentá-las aos nosso filhos. Venho inclusive pensando em fazer um Sarau literário infantil, se acontecer depois conto aqui.