segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Temos Arco-íris!

 Hoje olhando bem meu cantinho, nossa casa, vejo como ela é mergulhada nas cores, nas artes, no lúdico. Como é bom isso! E no meio de tanto concreto que se torna cada vez mais Salvador, infelizmente, ainda conseguimos acordar ao som de passarinhos e enxergar a natureza verde na nossa varanda. Minha família e eu nos reinventamos a fim de manter as cores, a natureza, a poesia e a arte em nossas vidas. Pensando sobre esse reinventar a vida, lembrei de um livro de Ziraldo que adquirimos há uns dois meses: Nino, O Menino de Saturno. Na história, um dia, os anéis de Saturno amanhecem sem suas cores, totalmente branco.


A Saturnino, o Nino, é dada a missão de procurar meios de devolver às cores aos anéis de seu planeta. Ele aceita a empreitada e sai em viagem interplanetária, vindo parar em nosso lindo planeta azul e fica encantado com todas as suas cores. Por aqui ele tem encontros inusitados com os nossos magos das cores e arte: Picasso, Miró, Van Gogh, Matisse, Kandinsky entre outros e também Einstein que instiga nosso pequeno herói a buscar sua imaginação e a de seus conterrâneos no intuito de devolver as cores ao seu planeta. Nosso mago das cores aqui de casa Yuri Ferraz ficou encantado com a história e também nossa pequena Malu. Que tal estimular seus magos aí em sua casa? Lá vai a indicação!

Autor: Ziraldo 
Ilustrações: Ziraldo e Paulo Vieira
Editora: Melhoramentos

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Cara nova do nosso blog.

Que alegria, estamos de layout novo, tudo feito carinhosamente por Yuri Ferraz nosso querido artista plástico. Cores explodindo na alegria de um amarelo com pirulitos em cambalhotas pelo espaço, tudo a ver com no blog. E tem mais novidade por aí, estamos no processo de um livro infantil todo ilustrado por nosso querido Yuri, a história vem de contações pra nossa pequena Malu, breve, breve esperamos estar chamando a todos pra ver.

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

A Velha a Fiar

Adorava quando menina ver minha madrinha e vó costurando, bordando, tricotando. Era lindo aquela dança colorida com as linhas que iam dando vida a tecidos, construindo roupas. Uma saudade imensa disso. Lembrei desses momentos mágicos de minha infância quando fui ver A Velha a Fiar do Grupo Teatro Griô, tive essa sensação deliciosa de me perder entre os pontos bem feitos e fluidos da narração dessa história. Fui brindada por deliciosas cantigas, bela narrativa e cores convidativas de cenário e figurino. O grupo coeso entrava em um bailado e jogo que mantinha a atenção dos presentes e ganhava o coração dos pequenos. Malu disse "Esse é o melhor, do melhor deles"! Eu só posso concordar, são pontos certeiros da Velha a Fiar e do grupo de narradores do Teatro Griô. Quem for vai ficar encantado com Clara Morais e Alice Luckesi e linda no papel da Velha: Zidi Brandão, e ainda Ivana Pirajá Luckesi,  Josiene Amaral Borges, Layno Sampaio Pedra, André Luiz Almeida, Darluce Azevedo,Alice Azevedo, Andrea Coelho, Fabrícia Brito. A direção certeira é Rafael Moraes e Tânia Soares. Vida longa ao Grupo de Teatro Griô.



Local: Teatro Módulo todos os domingos , às 16 h.
Ingresso: 40 inteira e 20 meia.

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Vem Histórias aí Gente!

Feliz em estar preparando essa Contação de História com direito a Oficina de Origami, tudo por nossa criança interna! Próximo dia 22 de Outubro numa tarde de Sábado Instituição Khalil Ginbran!





domingo, 2 de outubro de 2016

Tem peça boa rolando!!!

O melhor termômetro para avaliar uma peça infantil é a reação de uma criança! E Malu amou a peça A Mulher Que Matou Os Peixes do grupo Ateliê Voador um solo de Maira Lins. Acrescento ainda a dramaturgia baseada na texto de Clarice Lispector, (poetisa e escritora maravilhosa)feita por Djalma Thuller. Maira encarna Clarice e relata como aconteceu a morte dos peixinhos e ainda conta outras histórias, tudo isso embalado pela música e poesia de Vinicius de Moraes. Imagens lindas marcam a peça, onde bichos inusitados aparecem. A peça continua em cartaz aos sábado a partir de 15.10 às 17 horas. Outro projeto de Maira Lins foi P.U.M.M( Por Um Mundo Melhor), do qual estamos com saudades!




Malu num papo com Maira após o espetáculo.


segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Quem tem medo de quê?


"Quem tem medo do lobo mau, lobo mau, lobo mau?"  Uma pergunta inicia a música em minha memória de infância. Lembro dos meus medos infantis: medo do escuro, medo de ser esquecida em algum lugar, medo de fantasmas, medo de bicho papão e medos dos adultos que metiam medo em mim. E não é que até hoje encontro adultos que adoram esse papel de intimidar os pequenos com histórias  como: Se você não fizer isso te levo pro dentista, te dou injeção, o velho vem te pegar, o doido vai te levar e por aí vai.  Como se não fosse suficiente as inseguranças naturais da idade. Prefiro ajudar crianças a vencer os seus medos, a criar confiança em si mesmas e fazer parte de suas boas memórias. Tava pensando nisso quando encontrei com minha pequena o livro "Grande Livro dos Medos" de Emily Gravett, Editora Salamandra. Nas páginas um Ratinho expressa seus medos e convida o leitor a expressar os seus, claro que aproveitei a oportunidade para expressar os meus, Yuri Ferraz falou os deles e Malu contou os dela. Bem, ouvi coisas inesperadas de minha pequena. Bom demais experimentar isso, lindo, simples e direto.


E falando em medos que tal uma boa contação de história pra dissipar os medos e aumentar a alegria?
 Bem, tive oportunidade de contar uma dessas histórias sábado, dia 27 de setembro, na Raízes da Terra na Instituição Khalil Gibran. A história foi adaptada do livro "Valentina e a Chave Misteriosa" de Bianca Molica Ganuza da editora AME, essa história inclusive faz parte de um outro post aqui no blog.







terça-feira, 12 de julho de 2016

O Menino que Mordeu Picasso

Às vezes queria eternizar em minha memória o sorriso e olhar de minha pequena a descobrir algo que lhe traz felicidade. Numa das última idas a livraria me trouxe contente pra reler um livro que tinha descoberto outro dia com o pai. Um livro que falava da relação de um menino com o pintor Pablo Picasso. O livro traz a memória e o olhar desse pequeno sobre aquele gigante das artes plásticas que para ele seria sempre o amigo que um dia mordera em uma de suas brincadeiras. Nunca imaginei Picasso assim, desnudo e lúdico. A visão da criança sobre as obras desse gênio da pintura, nos traz novas nuances, outra perspectiva. Pensando bem sinto que o olhar dos sonhos de menino foi eternizado tendo a oportunidade de viver intensamente sua infância. Isso realmente é um aviso pra todos nós adultos, oferecer as crianças ao nosso redor momentos que eternizem a magia e o olhar encantado da infância em seus corações. O livro se chama O Menino que Mordeu Picasso, autor: Antony Penrose pela Editora Cosac Naif. A idade indicada para esse livro acredito que dos 6 aos 100 anos.


quarta-feira, 15 de junho de 2016

O Primeiro Beijo

Chuvinha doce
Cai de mansinho
Sobre um ninho
Desalinha devagarinho
O cabelo da menina
Beija o rosto
Sorri o vento
Com a traquinagem feita
O vento corre com a chuva
Dobra a esquina da alma
Assovia o canto
No canto da cotovia
Chama à brincadeira
Nas gotas de orvalho
À menina enfim sua parceira...  Ana Paula Mira


O dia está assim, pedindo um beijo de poesia. Chuva, doce, amorosa, lembra infância, a minha. Lembra também primeiro beijo, beijo roubado. Encontrei sábado no Palacete das Artes na Taboão Feira de Impressos, um livro assim com a alma desse dia. Num início de uma delicada relação de dois adolescente uma noite, um encontro, um apagão, o despertar do primeiro beijo; muita poesia e sentimento no texto do autor angolano Ondjaki, Uma Escuridão Bonita, a ilustração é de António Jorge Gonçalves. Livro convidativo para adultos e juvenis. Pela editora Callas.

terça-feira, 10 de maio de 2016

Arte no Dia do Amor Materno!

Gostoso acordar com filhote levando café da manhã, bilhetinhos de eu te amo, desenhos e um sorriso de encher qualquer coração, imagina o meu. E o dia do amor materno passou assim, amoroso e devagar. Malu fez uma linda salada e o pai uma massa ao molho pesto, presente pra mim e a vó Lúcia. Final da tarde fomos ao Palacete das Artes e conseguimos pegar o finzinho da Oficina de roupas pra bonecas e bonecos de Sálua Chequer pela Exposição Brinquedosà Mão. A exposição segue até 26 de junho, mas as oficinas concluem próximo domingo às 15 horas. Abaixo nossas fotos e artes, graças a Oficina demos continuidade a fazedura de roupinhas de boneca em casa. Bem, onde falta habilidade, sobra boa vontade.




E para continuar incentivando a arte entre os pequenos indico o livro Desenho para descobrir o artista interior. O livro traz pra quem despertou o interesse pelo traço ou pra quem quer desenvolve-lo dicas práticas numa linguagem divertida e acessível, será bem aproveitado a partir dos 06, 07 anos. Autores Quentin Blake e John Cassidy, pela editora Catapulta.

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Indicações de Malu! Livros Objetos.

Bem esse fim de semana fomos a livraria com Malu, ela reclamou que nunca mais tinha indicado livro aqui no blog, então hoje é dia dela apontar os favoritos entre tantos. Escolheu dois que eu particularmente amei. De Hervé Tullet, autor francês, escolheu "Sem Título", um livro onde personagens aparecem e dialogam com a criança, explicam que o livro ainda não está terminado surpreendendo o pequeno leitor. Um livro contemporâneo e divertido. Já apresentamos outros livros desse autor que iniciou um tipo de literatura infantil  com o livro objeto, Hervé tem mais de 60 títulos publicados! Abaixo Malu e sua primeira indicação. Editora Cia das Letrinhas.


O segundo livro por coincidência é um livro objeto de um autor brasileiro influenciado por Hervé, inclusive ele presta uma homenagem ao autor francês.  O livro é Bichanho de Tino Freitas          , durante o manuseio do livro aos poucos este vai dando vida a um gato com toda a ajuda do pequeno leitor. A editora é Callis.


domingo, 10 de abril de 2016

Educação Emocional uma chave pra ajudar a nós pais.

A música sempre se inspirou nela, nosso samba não seria o mesmo sem ela, mas de um tempo pra cá tem se esquivado dela a todo custo, procurando detê-la de todas as maneiras, represando e cercando; nossos filhos ao menor sinal dela dispara uma sirene em nós pais. Do que estou falando? Da tristeza. E detê-la é saudável? Essa questão sempre martelou a minha cabeça. Quando assisti o filme DivertidaMente me dei conta de quanto estava evitando que minha filha sentisse esse sentimento. Ficar triste faz crescer, amadurece e não permiti-la pode trazer insatisfações e imaturidade pra lidar com a tristeza no futuro, tive essa luz após ver o filme Divertidamente.  No mês passado foi dado de presente a Malu o livro Valentina e a Chave Misteriosa que fala do enfrentamento dos sentimentos, principalmente a tristeza.  O livro traz como base as descobertas da Neurociência sobre ser as emoções, pra esta ciência as emoções são um componente chave do pensamento e da cognição. O livro foi escrito por Bianca Molica Ganuza com objetivo de ajudar pais e educadores a realizarem um trabalho de educação emocional com crianças. 

O livro narra a história de Valentina e como ela conseguiu vencer a tristeza num encontro com ela mesma.  O livro ainda possui um jogo para trabalhar com as crianças. Esse livro pra mim se tornou um achado, um tesouro que precisava partilhar. Ele saiu pela editora AME, selo de Educação Emocional. Pode ser encontrado pela internet também num valor médio de 25 reais. 


sábado, 5 de março de 2016

Poesia e Volta às Aulas!

É isso aí... mergulhando no meu mundo, começo de ano... com esse pensamento entrei na livraria. Alfabetização de filhotes começando pra uns e continuando pra outros como eu. Com essa ideia na cabeça, claro que atrai em poucos instantes três livros fascinantes, escrevo em rima por conta dos livros poéticos que trazem brincadeiras com palavras em letra bastão, isto facilita a leitura pra quem está iniciando nesse universo da leitura os livros também  apresentam os poemas de forma bem divertida e permite aos pais continuarem a brincadeira de criar rimas com os pequenos. Foi isso o que fizemos Yuri, meu companheiro, com Malu nossa filhota e seu amigo Arthur em um passeio. Segue o resultado dessa poesia criada por nós.


Os livros são os seguintes: O Bicho Alfabeto com poemas de Paulo Leminsk e ilustrações de nosso querido Ziraldo da editora Companhia da Letrinhas.


Algazarra da Letras de Marciano Vasques e ilustrações de João Pinheiro editora Noova America, aqui o que se faz presente a fuga das letras, a brincadeira com sons, a troca tudo e muito mais.




ABC afro-brasileiro de Carolina Cunha pela editora SM palavras de nosso vocabulário que nem imaginamos ter vindo de nossas origens africanas, ilustração maravilhosa.



quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Vamos fazer arte?

O céu tingiu-se de um azul intenso nessa segunda-feira e o por-do-sol desse dia tingiu todo o azul do céu de dourado. Um início de despedida das férias. Uma das férias mais maravilhosas que tivemos. Exploramos tudo o que podíamos da Baía de todos os Santos a Imbassaí, dos Museus ao Cinema. Brincadeiras em casa, colônia de Férias no Espaço Curumim, encontro com primos, Exposição de Arte do nosso amado Yuri Ferraz, a fazer também arte em casa.  E foi muita arte em casa: desenhos, pinturas, viagens pela imaginação, artesanatos, histórias. Muitos livros nos inspiraram e partilho alguns com vocês.


Os livros são da editora Publifolhinha e vale a pena a leitura. O primeiro livro traz artesanato bem acessível e vai ser uma delícia a produção com o filhote. O segundo faz uma iniciação ao mundo das artes. O primeiro a depender do desenvolvimento da criança a partir dos quatro anos dá para aproveitar. O segundo livro crianças a partir dos seis fará melhor aproveitamento.



Exposição Em Balaios Galeria Luiz Fernando Landeiro Rio Vermelho, obra de Yuri Ferraz


Na foto acima Malu, eu, Yuri Ferraz, Fred Dantas e Jana Abdon





sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Festas de fim de ano enchem os olhos dos pequenos, uma luta para os pais que querem desenvolver no coração dos filhos o desejo do que realmente é essencial. A reunião com amigos, familiares, o amor, e de que se houver troca de presentes que eles venham recheados dessa energia amorosa. Costumamos fazer um verdadeiro evento pra elaborar os cartões, construímos um a um. Esse natal nossa pequena encarregou-se disso, fazendo questão de escrever seus sentimentos pra cada pessoa. São sementes de amor que plantamos e realmente florescem.Vale a pena!O Livro o Acendedor de Sonhos de Piatek Dorothee e ilustração de Cwendal Blondele trata sobre uma terra paralela, onde todos vivem na escuridão até que uma criança encontra uma semente, procura um acendedor e lampadas e este o ajuda a encontrar uma gota de de água pra sua semente de girassol, através do cultivo e do amor a flor nasce e ajuda a trazer a luz novamente ao planeta. Colaboração, determinação, cuidado, amorosidade, pensar no meio ambiente são alguns dos pontos deste livro. Um lindo livro pra iniciar as indicações pra o nosso blog este ano. Ah, o livro é da editora Cia das Letrinhas e encontrei na net até por 16 reais. Um ano novo com maravilhas leituras e lindas experiências!